A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em parceria com a Fiocruz Brasília, lançou, nesta quinta-feira (29/4), uma edição revista e ampliada do “Manual de Tecnovigilância: uma abordagem sob a ótica da Vigilância Sanitária”. 

O lançamento foi oficializado por um evento on-line, com abertura da gerente geral de Monitoramento de Produtos sob Vigilância Sanitária, Suzie Marie Teixeira Gomes, e do diretor da Quinta Diretoria, Alex Machado Campos, ambos da Anvisa. O encontro teve a participação de nomes como Claudio Maierovitch, Stela Candioto Melchior, Marcelo Antunes, Vivian Cardoso de Morais Oliveira, Fabiana Damásio, além do gerente de Tecnovigilância da Anvisa, Walfredo da Silva Calmon. 

O Manual, que anteriormente foi publicado em 2010, foi totalmente reestruturado e agora reúne, em uma única publicação, conceitos técnicos e as melhores práticas em tecnovigilância. De acordo com o documento, o novo Manual foi calcado nas inúmeras mudanças e no acelerado desenvolvimento tecnológico, o que causaram impactos na área de regulação de produtos e serviços.

Esta nova versão começou a ser constituída em 2018 e envolveu cerca de 50 autores, que se debruçaram em mais de 30 capítulos e quase 1.500 páginas. A Fiocruz Brasília se responsabilizou pela organização e revisão técnica. 

Entre os autores estão Claudio Maierovitch e Mariana Pastorello Verotti, do Núcleo de Epidemiologia e Vigilância em Saúde (NEVS) da Fiocruz Brasília, além das pesquisadoras Michele Feitoza, do Departamento de Saúde Coletiva da Fiocruz Pernambuco, e Patrícia Nobre, do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS). (Com informações da Fiocruz Brasília – 29.04.21)