Logotipo CBDL 30 Anos

Notícias

QIAGEN apresenta nova solução de sequenciamento de nova geração (NGS) para combate do câncer de mama

Como contribuição à comunidade médica, científica e a população brasileira em geral, a QIAGEN, multinacional alemã especialista em tecnologia para diagnósticos moleculares e filiada à CBDL, apresenta uma solução inovadora de sequenciamento de nova geração, o QIAseq Targeted DNA Pro Panel. Trata-se de um kit de reagentes utilizados para a preparação das amostras genéticas a serem sequenciadas.

“O câncer de mama não tem uma causa única. Diferentes fatores genéticos e ambientais contribuem para aumentar o risco de desenvolvê-lo. Dentre os principais agentes, a predisposição genética é uma das mais bem estabelecidas: cerca de 5 a 10% dos casos de câncer de mama são causados por mutações que foram herdadas dos pais. Mutações nos genes BRCA 1 e BRCA 2, por exemplo, aumentam de 46% a 88% o risco de uma pessoa desenvolver a doença em algum momento da vida”, explica Allan Munford, gerente regional LATAM de Marketing para Diagnósticos de Oncologia e Precisão da QIAGEN.

Tendo em vista que o número de genes é muito mais vasto que somente os dois já citados, o sequenciamento de nova geração, ou NGS, mostra-se como a ferramenta mais eficaz para dar suporte aos médicos e pacientes. Tais soluções, extremamente importantes para identificar o potencial da doença e administrar medidas profiláticas como a realizada por Angelina Jolie – dupla mastectomia –, já fazem parte do rol de procedimentos determinados pela ANS como cobertura obrigatória dos planos de saúde, para casos de hereditariedade, e seguem em tramitação para serem incluídas no Sistema Único de Saúde (SUS) em panorama nacional.

“O sequenciamento de nova geração, apesar de ser uma tecnologia avançada, não está livre de erros. Portanto, para um laboratório que irá trabalhar com amostras de tumor sólido em parafina ou com amostras de biópsia líquida, ter acesso a um reagente de sequenciamento como o QIAseq Targeted DNA Pro Panel pode fazer toda a diferença. Isso se deve à presença de índices moleculares únicos (UMIs) que marcam as moléculas de DNA antes do processo de amplificação dos alvos por PCR, com isso, garantindo que mesmo as variantes de baixa frequência alélica sejam corretamente identificadas. Isso proporciona a geração de laudos mais seguros e livres de falsos positivos”, conclui Munford.

A nova solução da QIAGEN realiza o processo total em menos de seis horas, permite que outros painéis sejam utilizados na mesma corrida, reduz etapas de limpeza com beads magnéticas e tem um protocolo de fácil automação. O produto tem a capacidade de sequenciar, inclusive, os genes BRCA 1 e BRCA 2 que são os genes que, quando apresentam variantes, aumentam o risco de se desenvolver câncer de mama.

Para mais informações sobre o QIAseq Targeted DNA Pro Panel, acesse: https://qiagen.com.br/outubro-rosa/ (Com informações da AtitudeCom – 16.11.22)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Whitebook of Brazilian laboratory diagnosis

Download here!

Livro Branco

Faça o download abaixo!