A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou, em seu portal, uma série de recomendações para quem planeja viajar ao exterior, ou voltou ao Brasil há pouco tempo ou se encontra em outro país, para coibir o avanço da infecção provocada pelo coronavírus (nCoV).

As orientações são baseadas em recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para quem vai viajar ao exterior ou já se encontra fora do Brasil, a Anvisa recomenda evitar:

·         Viagens à China. Somente deverão ser realizadas as viagens de extrema necessidade;

·         Contato próximo com pessoas com sintomas respiratórios agudos;

·         Contato com pessoas doentes.

·         Tocar nas mucosas dos olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam higienizadas;

·         Contato com animais (vivos ou mortos), além de visitas a mercados que vendem animais e produtos animais como carne não cozida, etc;

Entre outras medidas estão:

·         Lavar as mãos com frequência – água e sabão ou desinfetante à base de álcool gel com concentração de 70%, por pelo menos 20 segundos. Sempre que for consumir alimentos, após utilizar transporte público ou retornar de locais com grande fluxo de pessoas como mercados, shoppings, cinemas, teatros, aeroportos e rodoviárias;

·         Não compartilhar objetos de uso pessoal como talheres, pratos e copos, com pessoas com sintomas respiratórios;

·         Se necessitar de atendimento no serviço de saúde, informar detalhadamente o histórico dos locais visitados e os sintomas;

·         Evitar lugares fechados e com aglomerações.

Para as pessoas que estão retornando de viagem do exterior:

·         Se visitou a China nos últimos 14 dias e apresentar febre, tosse e dificuldade em respirar, procurar atendimento médico imediatamente e informar, com detalhes, o histórico da viagem;

·         Evitar contato com outras pessoas se apresentar sintomas respiratórios.

·         Evitar viajar enquanto estiver doente;

·         Evitar tocar nas mucosas dos olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam higienizadas;

·         Cobrir a boca e o nariz com um lenço de papel, descartando-o logo após o uso, ou com o cotovelo (e não com as mãos) ao tossir ou espirrar. (Com informações da Ascom/Anvisa – 07.02.20)