Notícias

Dasa mostra no Rio2C como a tecnologia e a inovação trazem benefícios para o âmbito da saúde e para a relação médico-paciente

Como aplicar inovação e tecnologia na saúde e garantir mais eficiência e melhor desfecho clínico para médicos e pacientes, além de reduzir de maneira inteligente e responsável os custos de saúde? Essas são as perguntas que a Dasa, maior rede de saúde integrada do Brasil, responde no palco Brainspace do Rio2C no dia 28 de abril, com o painel “As tendências e o futuro da saúde: impactos na vida e no bem-estar da sociedade”.

O debate vai apresentar uma visão 360º dos benefícios da inovação e tecnologia para a saúde do ponto de vista do Dr. Victor Gadelha, Head de Inovação em Saúde da Operação de Hospitais da Dasa; Izabel de Magalhães Barreto, Gerente Executiva de CX/Design na Dasa; e a participação especial do neurologista Dr. Jefferson Fernandes, expert em educação médica, pesquisa e gestão em saúde, incluindo telemedicina e telessaúde.

“Tecnologia, inovação, algoritmos e inteligência artificial são essenciais para a composição de um novo modelo de negócios em saúde. Eles têm uma contribuição valiosa na experiência do consumidor, assim como na mitigação de desperdícios de recursos, no aumento da qualidade de vida do paciente e no apoio ao médico, que passa a clinicar de maneira ainda mais personalizada, com informações relevantes para tomada de decisão e desfecho clínico eficiente e assertivo”, diz Victor Gadelha, Head de Inovação em Saúde da Operação de Hospitais da Dasa.

Case de Inteligência artificial (AI) na saúde

Durante a pandemia, a Dasa criou um modelo capaz de avaliar o grau de acometimento do pulmão do paciente com Covid-19, o que contribui para endereçar de maneira mais precisa e ágil o tratamento. “Essa inovação transforma o resultado de um exame de imagem em uma ferramenta ainda mais poderosa de apoio à decisão clínica. Até o momento, 43 mil pacientes foram beneficiados”, completa o Head de Inovação em Saúde de Operação de Hospitais da Dasa.

A maior rede de saúde integrada do Brasil possui o DasaInova, um time dedicado exclusivamente à inteligência artificial, criando modelos, validando algoritmos e integrando dados para conferir mais agilidade e assertividade aos laudos de exames, além de melhorar produtividade, reduzir custos, automatizar atividades operacionais e oferecer informações em tempo real. Atualmente, são 27 algoritmos em funcionamento e há outros diversos em andamento. A inovação é um tema tão presente na estratégia da companhia que a Dasa é parceira da Arterys, no Vale do Silício, e foi a primeira empresa do setor na América Latina a integrar, desde 2018, o Center for Clinical Data Science (CCDS), da Universidade de Harvard, em soluções para criação e validação de algoritmos de inteligência artificial.

 Case Nav – plataforma digital de saúde usa dados integrados para diminuir gaps de cuidado e de rastreio

A pandemia acelerou o uso de inteligência artificial, internet das coisas e teleatendimento. A integração de sistemas com dados do paciente e outras inovações têm transformado o setor da saúde para uma experiência phygital: que busca não ser fragmentada e episódica, mas com foco na jornada integrada.  “No contexto da Covid-19, a teleconsulta teve um crescimento exponencial, trazendo múltiplos benefícios e experiências positivas para a população e para os profissionais de saúde”, diz o neurologista Dr. Jefferson Fernandes.

Nesse sentido, em 2021, a Dasa lançou o Nav, plataforma de saúde digital que acompanha a jornada, empodera e facilita a vida das pessoas, promovendo soluções e uma saúde integrada, ágil e sem complexidade. Entre seus diferenciais estão, a disponibilização para pacientes e médicos de todo o histórico de saúde (respeitando à Lei Geral de Proteção de Dados), acesso imediato a consultas por telemedicina e agendamento facilitado de procedimentos. A integração de serviços físicos ou digitais possibilita ao paciente realizar uma teleconsulta e imediatamente ser conectado com o sistema de agendamento de exames ou até com uma consulta presencial, por exemplo.  Hoje, são mais 2 milhões de usuários e mais de 20 mil médicos e profissionais da saúde.

O Nav também notifica pacientes que estão com exames de rotina atrasados, propondo uma abordagem mais proativa de saúde. Durante a pandemia, por exemplo, mais de 3 milhões de mulheres ficaram sem fazer exames de prevenção de câncer de mama. Foram alertadas durante o Outubro Rosa de 2021, e 310 mil se beneficiaram com essa jornada integrada.

No Nav Pro, a versão da plataforma para profissionais de saúde, o sistema coleta todas as informações, aplica algoritmos de predição e apresenta para o médico os insights clínicos. Pouquíssimas ferramentas no mundo inteiro que têm essa capacidade de entender a situação clínica do paciente. Além disso, a partir da experiência da pessoa com os serviços da Dasa, os algoritmos de predição identificam riscos futuros, além de quem são os indivíduos com maiores riscos.

CX/ Design da saúde e experiência do consumidor

A pandemia mostrou ainda mais como uma experiência humanizada é fundamental na área da saúde. Relatos de médicos da Dasa mostram que o toque humano, a compreensão e a empatia foram essenciais para passar por esse momento de enorme dificuldade. E, nesse sentido, a área de Customer Experience endereçou questões importantes para novos produtos e serviços.

Na companhia, a área de CX/Design está estruturada em Human Insights, que entende os movimentos e as tensões culturais e sociais; Design, que desenha os melhores serviços e pontos de contato físicos e digitais; e Experience Metrics, que garante a mensuração da experiência de acordo com a estratégia de geração de valor.  

“Potencializamos ainda mais o uso do CX/Design na pandemia, devido ao aumento do uso de tecnologia e de telas para conexão. Nosso time é capaz de desenhar soluções para as diferentes jornadas de usuários, com todos os tipos de urgências e necessidades de cuidado à saúde. Uma das nossas preocupações é a inclusão e, por isso, a equipe conta com profissionais com deficiências visuais e auditivas que contribuem com o olhar estratégico necessário para desenhar produtos e serviços de maneira humanizada e inclusiva”, diz Izabel de Magalhães Barreto, Gerente Executiva de Design na Dasa.    

A abordagem da Dasa está no binômio high tech + high touch, funcionando numa estrutura de healthtech, que conecta players por meio do uso inteligente de informações integradas e interoperabilidade de sistemas.   Esse formato de operação contribui para reinvenção da forma de desenvolver soluções para os pacientes. O resultado é uma abordagem mais humanizada e com foco na medicina preditiva e preventiva.

Engajamento com Startups

A Dasa vem acelerando seu processo de transformação digital e a busca pela disrupção, por meio da criação de uma nova e exclusiva área de Engajamento com Startups, que tem como meta engajar até 100 startups no portfólio da empresa até o final desse ano, além de ampliar a eficiência operacional e melhorar a experiência em saúde de médicos e pacientes, através de um amplo leque de iniciativas, que leva em consideração diferentes níveis de maturidade de cada negócio engajado. 

A nova área é parte da estrutura de Estratégia e foi pensada para reforçar e ampliar a capacidade de inovação da rede.  Além de ter uma equipe 100% dedicada e exclusiva, o time de Engajamento com Startups da Dasa conta com o apoio multidisciplinar das áreas de Inovação Assistencial, Tecnologia Hospitalar, Inovação Laboratorial, Inteligência Artificial e M&A.  

“Esse forte investimento tem diversos objetivos, entre eles aceleração, apoio, viabilidade e potencialização da experiência do cliente por meio da inovação”, explica Fabiana Salles, diretora de Engajamento com Startups da Dasa e experiente empreendedora no setor de saúde como fundadora da Gesto (plataforma de gestão de saúde corporativa baseada em dados) adquirida pela Dasa em 2021, além de empreendedora selecionada pela Endeavor em 2017, mentora e agora, também, Embaixadora Endeavor. (Com informações da Bowler – assessoria de imprensa da Dasa – 03.05.22)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Whitebook of Brazilian laboratory diagnosis

Download here!

Livro Branco

Faça o download abaixo!