A Aliança Latino Americana para o Desenvolvimento do Diagnóstico in Vitro (Aladdiv) promove, a partir da próxima segunda-feira, dia 4 de novembro, às 17h30, o lançamento oficial do curso O Papel do Diagnóstico na Resposta à Resistência Antimicrobiana”.

O curso gratuito on-line, com versões em diferentes idiomas, faz parte do MOOC – Massive Open Online Course (em português, Curso Aberto Massivo Online), iniciativa conjunta entre a London School of Hygiene & Tropical Medicine (LSHTM) e a Becton Dickinson and Company, com apoio da entidade latino-americana e a Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL). Os alunos que fizerem o curso e acertarem 70% das respostas em uma prova final receberão um certificado.

Segundo a professora Rosanna Peeling, da London School of Hygiene & Tropical Medicine, “a internet e as ferramentas modernas de aprendizado como os MOOCs permitem-nos alcançar as pessoas em todos os cantos do mundo em uma forma antes nunca vista. A habilidade em alcançar uma audiência global é chave para interromper a RAM antes que seja tarde demais e que percamos a habilidade de controlar infecções”.

A realização do curso, que durará 6 semanas, tem como propósito ampliar a conscientização dos profissionais de saúde sobre a  resistência antimicrobiana ou RAM (“AMR”, em Inglês), isto é, o uso indiscriminado de antibióticos e outros medicamentos microbianos.

As inscrições são abertas ao público em geral e podem ser feitas pelo endereço:

https://www.sympla.com.br/o-papel-do-diagnostico-na-resposta-a-resistencia-antimicrobiana__696993

Números da RAM

Atualmente, a resistência antimicrobiana mata 70 mil pacientes por ano. As perspectivas são sombrias e indicam que, até o ano de 2050, o número terá atingido 10 milhões!

A cada ano, nos Estados Unidos, 40 milhões de pacientes recebem prescrição de antibióticos para infecções respiratórias, no entanto, apenas 13 milhões destes pacientes realmente precisariam deles. (Com informações da Oficina de Mídia – 31.10.19)