As novas medidas sanitárias, segundo as diretrizes e recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS), para aeroportos e aeronaves para o combate do alastramento do Covid-19 foram publicadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na última terça-feira (19/5), pela Nota Técnica 101/2020.

O texto está separado por tópicos com informações sobre o coronavírus, adoção de medidas sanitárias nos aeroportos, recomendações gerais para servidores e trabalhadores aeroportuários, entre outros como indicações de utilização de equipamentos de proteção individual (EPIs), orientações para administradoras aeroportuárias, companhias aéreas, prestadores de serviços e equipes de fiscalização sanitária.  

No documento, todos devem cumprir as medidas para atenuar os riscos de infecção e transmissão da doença, desde viajantes, tripulantes, trabalhadores da área aeroportuária até servidores públicos que trabalham nos aeroportos, acima ou abaixo dos 60 anos. 

A Agência também reforça a recomendação do uso de máscaras faciais para todas as pessoas, mesmo as caseiras.

Para finalizar, a Anvisa desaconselha a realização de viagens neste momento, principalmente em áreas mais afetadas pela pandemia. (Com informações da Ascom/Anvisa – 20.05.20)