A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o teste SARS-CoV-2 IgG para detecção de anticorpos utilizando o sistema Alinity i no Brasil, fabricado pela Abbott, empresa associada à CBDL. A companhia já havia recebido aprovação de testes para o sistema Architect*.

Os testes de sorologia para a identificação de anticorpos podem ofertar mais compreensão do Covid-19 no que se refere ao período que os anticorpos estão no organismo e qual o percentual da população que já foi infectada.

“Este é mais um passo no fornecimento de testes de anticorpos em larga escala para hospitais e laboratórios, que está ajudando a atender às suas necessidades enquanto procuram aumentar sua capacidade de testagem”, comentou o gerente geral do Negócio de Diagnósticos da Abbott no Brasil, Júlio Aderne.

O novo teste de anticorpos pode localizar o anticorpo IgG, proteína que o corpo produz nos estágios finais da infecção e que pode permanecer por meses, ou até anos, depois da recuperação do paciente.

Um estudo recente da Universidade de Washington, publicado no Journal of Clinical Microbiology, indicou que o teste de anticorpos IgG SARS-CoV-2 IgG, desenvolvido pela Abbott, apresenta 99,9% de especificidade e 100% de sensibilidade para detectar o anticorpo IgG, 17 dias após o início dos sintomas. (Com informações do Labnetwork – 01.07.20)