Logotipo CBDL 30 Anos

Notícias

Pixeon participa do Congresso Brasileiro de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial

Entre as sugestões apresentadas, estará a Central de Laudos – responsável pela extração de dados para análises de casos clínicos, essencial no auxílio da segurança das informações sigilosas dos pacientes.

A Pixeon, responsável por sistemas de gestão para negócios da saúde, participará da 54ª edição do Congresso Brasileiro de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial, que acontece entre os dias 4 e 7 de outubro, em Florianópolis (SC). Aos presentes, a healthtech apresentará suas soluções voltadas a facilitar e aprimorar a gestão e as rotinas em instituições de saúde – em especial, aos laboratórios de análises clínicas.

“Sabemos que o uso da tecnologia, mais do que nunca, tem sido primordial na organização dos processos de qualquer instituição do segmento, não apenas com o intuito de melhorar a gestão, mas também no que diz respeito à segurança e sensibilidade das informações e dados. Quando falamos dos laboratórios dedicados a análises clínicas, os desafios são ainda maiores”, explica Felipe Clemente, CEO da Pixeon. Segundo ele, o desenvolvimento de produtos na Pixeon está diretamente relacionado ao objetivo de facilitar as operações como um todo, com padronização, qualidade e suporte necessários. “É por isso que ficamos muito felizes em participarmos novamente desse congresso, tão importante para a área e onde podemos reforçar nosso posicionamento junto ao mercado laboratorial”, afirma. Vale lembrar que, por conta da pandemia, o CBPC ficou dois anos sem acontecer e está de volta agora, em 2022.

Durante o evento será apresentado o recém-lançado BI Insights, responsável pela análise preditiva de negócios, por meio da extração e avaliação de dados, que tem como principal diferencial seus dashboards – que garantem mais assertividade nas tomadas de decisões. Também estarão no evento outras soluções da empresa, apresentadas por meio totens interativos e intuitivos em um estande de 64m2, preparadas e voltadas para diferentes áreas de uma instituição de saúde e que se encaixam perfeitamente nas rotinas de citologia e processos laboratoriais. São elas:

  • a Central de Laudos, com indicadores de extração de relatórios fundamentais para avaliação de casos clínicos; 
  • o Pixeon Korus, que é responsável por notificações diretas e automáticas das autoridades – a fim de otimizar o tempo dos gestores – no caso da identificação de resultados positivos para exames de perfis epidemiológicos, como hepatite B, HIV e sífilis; 
  • o Pixeon Lumia, com pacote de exames preventivos, sazonais ou de saúde da mulher – tudo via whatsapp; 
  • o SmartLab, focado nas rotinas laboratoriais de alta complexidade em policlínicas, hospitais ou laboratórios de grande porte; 
  • o LabLink Pro, responsável pelo interfaceamento dos equipamentos de laboratórios, facilitando o controle de qualidade e fazendo a avaliação da estabilidade de reagentes e calibragem dos aparelhos, por meio da análise com base nas regras de Westgard e em gráfico Levey-Jennings. 

Soluções assertivas aos laboratórios de anatomia patológica e citopatologia

Papanicolau, análise de células cancerígenas e pulsão de tireoide são alguns dos exames de anatomia patológica realizados a partir de um fragmento de tecido – chamados de amostras nobres – quando se faz necessária a biópsia. Esse tecido pode ser de um tumor, da pele, do fígado, da mama ou de qualquer outro órgão do corpo. 

“O processo de laudo desse tipo de exame deve seguir uma série de etapas importantes e o uso de ferramentas como a Central de Laudos [citada anteriormente] é fundamental para que se otimize o trabalho dos profissionais e aumente a segurança para os dados desse paciente, já que é possível laudar exames com poucos cliques e de qualquer lugar”, explica Iomani Engelmann, sócio-fundador e diretor de Marketing e Comercial da Pixeon. De acordo com ele, nesse caso, a tecnologia, que também disponibiliza filas de trabalho inteligentes, baseadas em SLAs, garante que todo o fluxo aconteça de forma automatizada, diminuindo o tempo dedicado a cada tarefa. 

“São sistemas voltados a diferentes áreas de uma instituição de saúde, com soluções cada vez mais robustas na área de medicina laboratorial e um dos portfólios mais completos do mercado, atendendo diariamente a mais de 6 mil clientes, que entendem a importância de digitalizar as rotinas de suas operações para terem melhores resultados e, principalmente, melhorar a jornada de seus pacientes”, completa. 

Ainda segundo o executivo, os laboratórios que investem em centros de diagnóstico de anatomia patológica atuam também na investigação multidisciplinar dos casos, com o patologista atuando junto a outros especialistas. Assim, os diagnósticos se tornam mais precisos, diminuindo as chances de erros médicos. “Para isso, trazer a tecnologia para a gestão do departamento se torna não apenas necessário como fundamental, e as soluções da Pixeon estão bem mais preparadas para os desafios específicos existentes nessas instituições”, finaliza. 

O CPBC 2022 reunirá cerca de 4 mil participantes, entre congressistas, visitantes, palestrantes e expositores do Brasil e do mundo, e acontece no CentroSul – Centro de Convenções, em Florianópolis, Santa Catarina. Para mais informações, acesse http://www.cbpcml.org.br/ 

Sobre a Pixeon

Fundada em 2003, em Florianópolis (SC), a Pixeon se uniu à antiga Medical Systems em 2012 – movimento este promovido pela Intel Capital. No ano seguinte, em 2013, a empresa iniciou um processo de consolidação a partir dessa fusão, quando contou com a primeira rodada de investimento da Riverwood Capital, tornando-se uma das maiores empresas brasileiras de tecnologia e inovação para a saúde. Com o objetivo de ser líder nacional deste mercado e referência de qualidade em toda a América Latina, desde a fusão, foram cinco aquisições de empresas, sendo a última o BoaConsulta. 

Atualmente, possui mais de 6 mil clientes, fazendo a diferença em mais de 45 milhões de pacientes atendidos por ano. Os sistemas da Pixeon impactam ainda uma média de 150 milhões de exames e consultas anualmente. Com sede em São Caetano do Sul (SP), além de unidades de negócios distribuídas por todo o país, a Pixeon atende hospitais, clínicas, laboratórios de diagnóstico e centros de diagnósticos de imagem. Até 2024, a companhia prevê o investimento de R$83 milhões em todo seu portfólio de produtos, que já é um dos maiores do mercado. Para mais informações, acesse www.pixeon.com.

(Com informações da NR7 – 30.09.22)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Whitebook of Brazilian laboratory diagnosis

Download here!

Livro Branco

Faça o download abaixo!