Logotipo CBDL 30 Anos

Notícias

CBDL Home Slide Livro Branco us
CBDL Home Slide Livro Branco us

Origen BH apresenta trabalho sobre novidades no tratamento de fertilização in vitro no 26º Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida

A clínica Origen BH, com mais de 20 anos de atuação na medicina reprodutiva, participará do 26º Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida, que será realizado de 31 de agosto a 3 de setembro, em formato presencial, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo com o trabalho científico intitulado “IVF add-ons: what do SisEmbrio-registered clinics say about it?“.

O trabalho retrata os Add-nos que são tratamentos adicionais opcionais ou complementares, que podem ser adicionados à fertilização in vitro, como biópsia embrionária (PGT-A), testes genéticos, avaliação de fragmentação do DNA do espermatozoide, teste de receptividade endometrial (ERA), entre outros.

Segundo o Human Fertilization and Embryology Authority (HFEA), órgão britânico que regula os tratamentos de reprodução assistida, há uma ampla gama de add-ons disponíveis, incluindo testes, medicamentos, equipamentos, terapias holísticas ou alternativas e intervenções cirúrgicas.

Os add-ons representam uma esperança de inovação científica que resultaria em melhores chances de gravidez, mas que deve ser feita  baseada em evidências científicas, com transparência e responsabilidade”, diz a médica ginecologista Márcia Mendonça Carneiro, professora associada do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), integrante da equipe da clínica Origen BH que estará no congresso.

Busca de informações pela internet – Mais de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo usam recursos online para obter informações sobre sua saúde. A infertilidade afeta cerca de 10% dos casais que estão cada vez mais recorrendo à internet e  às mídias sociais para se informar sobre o tema assim como buscar apoio. Em alguns sites de clínicas de reprodução assistida (RA) em países como o Reino Unido e os EUA, os  add-ons são apresentados como meio de melhorar as taxas de sucesso da fertilização in vitro.

“No entanto, a contribuição real dessas intervenções para as taxas de sucesso da fertilização in vitro permanece inconclusiva. Atualmente, pouco se sabe sobre o tipo e a qualidade das informações fornecidas nos sites das clínicas brasileiras de reprodução assistida (RA) sobre os méritos dos add-nos. Por isso a relevância de tratarmos o tema num evento de tanta importância como Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida para nosso segmento de atuação”, enfatiza o médico Marcos Sampaio, um dos fundadores da Origen. (Com informações da Link Comunicação – 30.08.22)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Whitebook of Brazilian laboratory diagnosis

Download here!

Livro Branco

Faça o download abaixo!